Governo Mundial

Just another WordPress.com weblog

Exterminadores do Futuro III

O terrorismo ambientalista, financiado por magnatas bilionários como George Soros, e ONGs ambientalistas, é parte da estratégia para a implantação do Governo Mundial.

Os Exterminadores do Futuro III

“…em nome das palavras de ordem ‘preservar o meio ambiente ou ‘acabar com a poluição’ está ocorrendo a maior rendição da liberdade em toda a história da humanidade. Transferirá o poder e os recursos naturais não ‘ao povo’ ou a algum ‘corpo eleitoral’ , mas a um ‘pequeno grupo de homens’:  a elite do establishment.
As implicações de tal transferência de poder são incalculáveis”.
No curso de suas investigações, Larry Abraham chegou à conclusão “que todos os projetos submetidos aos seus estudos foram apresentados ao público como ‘necessários’ ou ‘vitais’.

Alguns ainda o foram como ‘salva-vidas’ ou ‘ameaçadores à vida humana’. E, diz ele, “certamente em todas estas ‘cruzadas’ encontrei dois elementos constantes: (1) um grão de verdade a respeito das preocupações, e (2) uma minoria muito bem organizada que ajudavam a criar a aparência de apoio popular”.

Read more at novaordemglobal.blogspot.com

 

Anúncios

dezembro 9, 2011 Posted by | Uncategorized | , , , , | Deixe um comentário

Inventores do futuro

Os illuministas da Nova Ordem Mundial estão transformando a sociedade para poder atingir seus objetivos malignos de escravizar a humanidade.

Os movimentos mais disparatados, como abortismo, gayzismo, feminismo, vegetarianismo, “direitos dos animais”, anticatolicismo, antitabagismo e liberação de drogas, vêm todos da mesma fonte.
O conceito mesmo de “engenharia social” implica que os membros da sociedade a ser modificada ou reconstruída não sejam concebidos como agentes livres, conscientes de suas escolhas, mas como peças inermes de um mecanismo que, no conjunto, não podem compreender e em geral nem mesmo enxergar.
As metas finais da operação não devem, portanto ser apresentadas de modo direto e franco que arrisque fazer delas alvos de discussão, mas devem ser atingidas por vias indiretas. Para tanto, são subdivididas em operações parciais, à primeira vista separadas e inconexas, que, uma vez bem sucedidas, produzirão o desejado efeito global de maneira aparentemente impessoal, espontânea e quase mágica, de modo que ninguém possa ser responsabilizado por ele e seja fácil atribuí-lo retroativamente a um determinismo histórico anônimo, inelutável e irreversível.

Read more at novaordemglobal.blogspot.com

 

fevereiro 25, 2011 Posted by | Uncategorized | , , , , | Deixe um comentário